PADRÃO DA RAÇA

Estatura: de 135cm (em média de 130 para os machos e 125 para as fêmeas).

Perímetro torácico: de 148cm no macho e 144 na fêmea.

Peso: de 300Kg no macho e 240 na fêmea.

Pelagem: de preferência e mais comum a “pêlo-de-rato”. É freqüente a ruã ou rosada; é rara a tordilha, sendo indesejáveis a ruça e a branca. O pêlo é fino, curto, macio, por vezes ondulado.

Cabeça: fina, seca, despontada para o focinho e sem proeminências. A fronte é larga e curta, de perfil direito, convexilíneo, nos machos. Alguns animais têm fronte plana e chanfro levemente acarneirado, perfil que, segundo alguns autores, é o mais desejável.

As faces: são paralelas, as orelhas grandes, de largura média, de preferência eretas e paralelas, voltadas para frente (atentas). Boca bem rasgada e ventas espaçosas.

Pescoço: longo e musculoso, bem dirigido e bem ligado à cabeça e ao tronco.

Corpo: delgado e elegante, com lombo comprido. Prefere-se que a região dorsolombar seja curta, larga, musculosa e direita. A garupa é curta, inclinada e musculosa. A cauda tem inserção baixa e vassoura cheia. As costelas são separadas, regularmente arqueadas, formando um costado cheio.

Membros: altos de ossatura forte e fina, com articulações sólidas e limpas. As espáduas oblíquas; as quartelas médias e regularmente inclinadas. Cascos bons e escuros.

APTIDÕES

O Pêga produz muares fortes, vivos, sadios, altos, de cores claras, sendo utilizados tanto para sela como para a tração.

Voltar para: Sobre Jumento Pêga

Voltar para Origens do Jumento Pêga

Retirado do site: www.ourofino.com